Shell script: Hello world!

Neste post vou dar uma introdução sobre o Shell script, linguagem de programação interpretada pela shell do Linux, que nesses últimos 6 anos desde que fomos apresentados vem me ajudando e muito a automatizar as tarefas do dia a dia.

Primeiramente, iremos escrever o famoso Hello World, utilizando o Shell script.

#!/bin/bash

echo “Hello World!”

Para que o shell do Linux interprete o script, devemos inicia-lo com o #!/bin/bash.

O parâmetro “echo” imprime o texto “Hello World”  na console de saída (stdout) do Linux.

Para executar este simples script a partir do shell, basta salvar o conteúdo em um arquivo de texto, podendo fazer o uso do view e executar o comando source no arquivo.

$ source hello_world.sh
Hello World!

É claro, que este Hello World é apenas uma apresentação ao Shell, já que ele vai muito além disso. A coisa começa a ficar interessante quando você começa a utilizar comandos do sistema com operadores lógicos (for, case, if, and, or, while, …).

Por exemplo, iremos utilizar o for para repetir 5 vezes a frase Hello World

$ for var in `seq 1 5`; do echo $var – Hello World; done
1 – Hello World
2 – Hello World
3 – Hello World
4 – Hello World
5 – Hello World

Utilizando este ultimo exemplo, por que não armazenar a saída deste comando e copia-la via scp para outro servidor Linux?!

#!/bin/bash

for var in `seq 1 5`; do echo $var – Hello World >> hello_file.log; done

scp hello_file.log user@192.168.1.2:/home/user/

echo “O arquivo hello_file.log foi copiado”

Para podermos executa-lo como script, iremos setar a permissão de execução

chmod u+x hello_world_with_for.sh

Agora basta executa-lo

./hello_world_with_for.sh

E assim finalizamos este post, espero que tenham gostado e despertado o interesse no Shell.

Um livro que recomendo sobre o assunto é  Programação Shell Linux do Julio Neves.

Tags: